Como controlar as contas de sua empresa

Em algumas situações, as empresas se deparam com um cenário bastante atípico: elas vendem muito bem, possuem despesas compatíveis, apresentam um Lucro, mas não possuem dinheiro em caixa. Mesmo que pareça contraditório, essa situação é bastante comum e possui diversas causas diferentes. A Fluxo Assessoria aborda como tratar de uma das causas dessa falta de dinheiro em caixa e de como a empresa pode encontrar o problema e se prevenir.

Sintomas
Uma das causas da falta de dinheiro em caixa de uma empresa deve-se aos prazos de renovação de estoques, de recebimentos de vendas e de pagamentos de compras. Se os prazos que envolvem os recebimentos forem maiores que aqueles que envolvem os pagamentos, a empresa poderá ter problemas com seu capital de giro mesmo que apresente bons lucros.
Para exemplificar a ideia, consideremos um comércio de calculadoras. Se esse, ao comprar uma calculadora com o prazo de pagamento de oito dias, demorar cinco dias para efetuar a sua venda e mais 5 dias para receber o valor dessa venda (considerando uma venda à prazo), ele ficaria sem dinheiro para quitar a sua obrigação, visto que o prazo para pagamento venceria antes do prazo para o recebimento.

Como encontrar a causa e se prevenir
Para que a empresa possa realizar uma análise de seus prazos, primeiramente ela deve conhecê-los. Para isso, listamos três fórmulas para encontrar os prazos médios de renovação de estoques, de recebimento de vendas e de pagamento de compras. Prazo Médio de Renovação de Estoques = Estoque / Custo das vendas x 360; Prazo Médio de Pagamento de Compras = Fornecedores / Compras x 360; Prazo Médio de Recebimento de Vendas = Clientes / Vendas x 360. O resultado das fórmulas se dará em dias.
Após obter os resultados, deverá ser somado o Prazo Médio de Renovação de Estoques com o de Recebimento de Vendas. A partir daí, é possível compará-lo com o Prazo Médio de Pagamento de Compras. Se este for maior que a soma dos outros dois prazos, a empresa poderá apresentar uma insuficiência de dinheiro em caixa. Ou seja, mesmo que a empresa apresente um Lucro em suas vendas, se não houver um cuidado especial com os prazos mencionados, ela poderá ter problemas com seu capital de giro.

Dica da Fluxo Assessoria
O método acima é bastante simples e aborda apenas uma das possíveis causas da falta de dinheiro em caixa, sem considerar diversos outros fatores, como, por exemplo, a inadimplência. Para que a empresa possa manter o seu capital de giro controlado, identificando futuras necessidades ou oportunidades, e tendo capacidade de planejar de acordo com a sua disponibilidade financeira, existem ferramentas que podem ser utilizadas, como o Fluxo de Caixa. A Fluxo Assessoria possui profissionais especializados que podem auxiliar na implantação e análise do Fluxo de Caixa e de diversas outras ferramentas gerenciais.




Opine:

Fluxo Imóveis